TCC: Infraestrutura com Samba4

18/02/2014 -

Finalmente, depois de um longo tempo sem publicar nada, segue mais um TCC, relacionado ao software Samba4, gentilmente cedido para publicação pelos autores Marcel Henrique Gomes dos Santos e Rodrigo Lourenço de Araújo.

Tive a honra de ter alguma participação na elaboração deste trabalho, já que fui orientador. Acho importante dizer que este trabalho é bastante técnico, podendo ser utilizado como um guia de instalação, o que muitos poderiam criticar, já que um TCC deve ter um foco mais acadêmico e não tanto como manual. Mas o objetivo deste trabalho foi oferecer para a comunidade uma documentação concisa de como instalar o Samba4 na função de Windows Active Directory, sem deixar de lado o embasamento teórico básico relacionado.

Veja o resumo do trabalho:

“O Active Directory é um serviço de diretório desenvolvido pela Microsoft, que permite um gerenciamento de forma centralizada dos recursos e serviços na rede. O Samba é um servidor de arquivos que permite compartilhar recursos entre sistemas Linux, Windows e outros. Surgiu a partir de uma necessidade, onde o seu criador Andrew Tridgell, desenvolveu uma aplicação, que necessitava de suporte ao protocolo NetBIOS. O Samba em sua primeira versão permitiu que o computador de Andrew, com sistema operacional DOS, pudesse encontrar em sua rede a máquina UNIX como um servidor de arquivos. Desta forma, ele não utilizaria mais o protocolo NFS. A utilização do Active Directory da Microsoft, só é possível mediante ao pagamento de licenças. O Samba 4 permite sua utilização como Active Directory, e por ser um software livre, não tem custo adicional de licenças, ou seja, gratuito. Objetivo deste trabalho é explorar os protocolos envolvidos na implantação do Active Directory, tal como LDAP, Kerberos, DNS, SMB/CIFS e a implementação do Samba 4, bem como apresentar um cenário prático de aplicação do Samba 4 operando como Active Directory numa rede contendo clientes Microsoft Windows XP, Microsoft Windows 7 e Linux.”

Leia na íntegra AQUI.