Google libera o serviço de DNS público

O Google anunciou o seu serviço de DNS público, que pode ser acessado através dos seguintes servidores

  • Primário: 8.8.8.8

  • Secundário: 8.8.4.4

Eis o link: http://code.google.com/speed/public-dns/docs/using.html

Fiz alguns testes de consulta a ele e achei bastante interessante, vejam os resultados:

./dns-test.sh

DNS        Dominio                        Tempo de resposta
Telefonica sans.org                         55 msec
Google     sans.org                        166 msec
OpenDNS    sans.org                        176 msec
---------------------------------
Telefonica mariolb.com.br                   52 msec
Google     mariolb.com.br                  168 msec
OpenDNS    mariolb.com.br                  195 msec
---------------------------------
Telefonica g1.globo.com                     64 msec
Google     g1.globo.com                    165 msec
OpenDNS    g1.globo.com                    170 msec
---------------------------------
Telefonica matrix.com.br                    57 msec
Google     matrix.com.br                   165 msec
OpenDNS    matrix.com.br                   173 msec
---------------------------------
Telefonica alog.com.br                      67 msec
Google     alog.com.br                     166 msec
OpenDNS    alog.com.br                     192 msec
---------------------------------
Telefonica hackin9.com                      57 msec
Google     hackin9.com                     171 msec
OpenDNS    hackin9.com                     186 msec
---------------------------------

Considerações:

  • O script dns-test.sh é um pequeno script que criei que executa consultas DNS usando o dig.

  • Usei um link da telecômica, ops, telefônica, por isso o ganho no tempo de resposta. Não tenho certeza se ele é público, mas acho que não: ele só atende usuário do Speedy. Se isso for verdade, então isso também pode influenciar no tempo de resposta.

  • O OpenDNS é um DNS público e, provavelmente, o DNS do Google ainda não tem a mesma carga de trabalho que o do OpenDNS, por exemplo. No entanto, como se trata do Google, melhorar a infra não será um problema.

De qualquer forma, acho que ainda vou continuar um DNS de cache local, instalado na minha máquina e que consulta os DNS raízes sempre que precisa. É umpouco mais lento (a primeira consulta ao domínio sans.org demorou 500ms, e a segunda foi instatânea), pois acho que os DNS raízes são mais bem configurados.

Sds,

Marião